O gaúcho Vitor Kley promove desde a última quinta-feira a faixa “A Tal Canção Para a Lua”, que faz parte do projeto “Microfonado”, gravado de forma acústica no estúdio Midas, em São Paulo, e produzido por Rick Bonadio. O vídeo com as cenas da gravação está disponível na página oficial do Midas Music, no YouTube.

Composta pelo próprio artista, a música tem como convidado o Skank Samuel Rosa. Nos ensaios, quando tocavam juntos, Samuel mostrava um certo incômodo, até que falou: “Ainda não está no ponto. Quero cantar como você cantou” (na gravação que Vitor mandou ao vocalista do Skank). Quando encontraram o ponto, Vitor chorou. “Rolou uma energia sinistra no estúdio”, afirmou.

“Ouvi a piada um milhão de vezes: o cara de ‘O Sol’ tem que fazer a música da Lua agora. Aí eu fiz”, conta Vitor. “E sempre que tocava ‘escutava’ a voz do Samuel cantando comigo”, explica o jovem. “E não é que num momento estranho e conturbado do país e do mundo, aparece uma voz jovem e doce entoando uma espécie de hino, uma ode otimista ao alto astral e às good vibes, e arrebata o Brasil deixando pra trás funks e sertanejos, e emplaca o hit “folk-surfmusic“ O Sol, a música número 1 do ano”, fala Samuel Rosa sobre Vitor Kley.

O astro mineiro continua: “Sorte a minha que há muito não sentia a deliciosa sensação de gostar de uma canção a ponto de a eleger como a melhor novidade dos últimos tempos e saber que um país inteiro concorda comigo. Mais sorte ainda tive eu ao receber o convite desse maravilhoso e promissor talento pra cantar com ele uma nova canção, tão otimista e certeira quanto a primeira mas agora, ao invés do Sol como fonte de inspiração, temos a Lua. Vitor é dessas pessoas que precisam habitar a terra pra gente continuar acreditando na humanidade”, completa.

Assista ao vídeo da gravação de “A Tal Canção Pra Lua”, com Vitor Kley e Samuel Rosa:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here