Uma falha no sistema de interconexão elétrica deixou este domingo a Argentina e o Uruguai sem eletricidade. O ‘apagão’ começou cerca das 07h05 locais e só retornou, parcialmente, por volta das 10h.

A situação afeta toda a Argentina, segundo o porta-voz da empresa de eletricidade Edesur, e afeta ainda uma parte do Uruguai. Junta, a população da Argentina e do Uruguai eleva-se a cerca de 48 milhões de pessoas.

O jornal argentino refere ainda que Santa Fé, San Luis, Formosa, La Rioja, Chubut, Córdoba e Mendoza são algumas das províncias mais afetadas.

Segundo o jornal argentino Clarín, o ‘apagão’ estende-se também a zonas do sul do Brasil e a várias cidades do Chile.

O diretor geral da empresa Edsur Argentina, uma distribuidora de eletricidade, Marcelo Cassin, já avançou “que não há registo de nenhum apagão como este”. Resolver a situação é um processo que pode demorar horas.

O corte, segundo um comunicado da secretaria de Energia citado pelo jornal Clarín, foi consequência de um “colapso do sistema de interconexão”, de causas “ainda não determinadas”, e o restabelecimento do serviço pode demorar “algumas horas”.

O subsecretário da Proteção Civil Daniel Russo precisou à televisão TN que o restabelecimento do serviço pode levar “entre seis e oito horas”.

Russo adiantou que, embora as causas da avaria ainda estejam a ser investigadas, é admitida a hipótese de estarem “relacionadas com um fenómeno meteorológico”.

Além de residências, a avaria afeta a sinalização de tráfego e a circulação ferroviária, e pode interferir na realização das eleições locais previstas para hoje na Argentina, segundo a BBC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here