O ex-deputado federal Jean Wyllys fez uma de suas primeiras aparições públicas após renunciar ao novo mandato, em 24 de janeiro, na última sexta-feira (16). O político, que decidiu sair do Brasil por causa das constantes ameaças de morte, contra ele e sua família, participou da sessão de gala de Marighella, novo filme de Wagner Moura, no Festival de Berlim. Aclamado pelo público do evento, ao chegar no festa o diretor cumprimentou Wyllys com um beijo na boca.

A noite também foi marcada por uma homenagem a ex-vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco, que foi assassinada no ano passado, ao lado do motorista Anderson Gomes. Wagner Moura e a equipe do filme levaram uma placa com o nome da ativista.

O filme é baseado na história de Carlos Marighella, um dos líderes da luta armada contra a ditadura militar brasileira, que foi assassinado pelo regime em novembro de 1969.

Tobias SCHWARZ / AFP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here