Na manhã desta sexta-feira, representantes dos órgãos de segurança de Uruguaiana participaram de reunião ordinária do Gabinete de Gestão Integrada do Município para tratar sobre a liberação de grande parte dos presos do Instituto Penal. Em razão do vendaval que atingiu a cidade, o Instituto teve grande parte de sua cobertura arrancada e com isso, cerca de 150 presos do regime semia-aberto foram transferidos para o sistema domiciliar e 34 foram encaminhados à Penitenciária Modulada de Uruguaiana, pois possuíam Processos Administrativos por mau comportamento. Durante a reunião, o prefeito Ronnie Mello enfatizou a necessidade do engajamento de todos os setores na questão e solicitou a ampliação do convênio com a Susepe. “A Prefeitura já utiliza a mão de obra dos presos do IPU e o trabalho dessas pessoas tem sido fundamental, principalmente nesses últimos dias. Estamos dispostos a receber outros presos, promovendo ressocialização e garantindo reforço principalmente no trabalho de limpeza da cidade”, disse o Prefeito. O Promotor de Justiça, Vitassir Ferrareze, destacou a importância do convênio entre Prefeitura e Susepe, elogiando o Prefeito e o secretário de Segurança, Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana, Clemente Corrêa. “Nestes meus 18 anos em Uruguaiana posso dizer que nunca havia visto um Governo dar essa atenção à ressocialização através do uso da mão de obra carcerária. Antigamente essa questão era tratada de forma política e hoje vejo que o assunto é tratando com responsabilidade, garantindo que eles trabalhem em prol da sociedade”, relatou o Promotor.
Após a reunião, o prefeito Ronnie fez contato com o deputado estadual Frederico Antunes solicitando a sua intervenção junto ao Governo do Estado para o encaminhamento de uma equipe de engenharia a Uruguaiana para análise do Ipu e aplicação de projeto de recuperação do espaço, bem como a recuperação de um dos módulos da Penitenciária Modulada de Uruguaiana. Mais tarde, o deputado retornou o contato informando que a equipe de engenharia já estava à caminho de Uruguaiana.
A Segtram estará mapeando as regiões onde os presos estão para acompanhamento da pena domiciliar. Também será ampliado o policiamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here