A visita do candidato a vice presidente, pela chapa do Bolsonaro, General Hamiltom Mourão em Uruguaiana, virou capa de todos principais veículos de comunicação do país nesta quinta-feira (27). E não foi pela quantidade de pessoas que participaram do evento, mas pelas declarações do candidato, numa reunião na CDL de da cidade. Entre os comentários, Mourão chamou de ‘jabuticaba’, direitos adquiridos pelo trabalhadores brasileiros, como o 13° salário e férias. “Se a gente arrecada 12, como pagamos 13? É complicado. É o único lugar em que a pessoa entra em férias e ganha mais. Coisas nossas, legislação que está aí. É sempre a visão dita social com o chapéu dos outros, não com o chapéu do governo. “[Vamos fazer] a implementação séria da reforma trabalhista. Sabemos perfeitamente o custo que tem o trabalhador, essa questão de imposto sindical em cima da atividade produtiva. É o maior custo que existe. E temos algumas jabuticabas que a gente sabe que são uma mochila nas costas de todo empresário”, completou o militar à platéia que lotou as dependências da Câmara de Dirigentes Lojistas de Uruguaiana.

Os comentários pegaram tão mal, que até Jair Bolsonaro se manifestou no Twitter contra o seu colega de chapa. “O 13° salário do trabalhador está previsto no art. 7° da Constituição em capítulo das cláusulas pétreas (não passível de ser suprimido sequer por proposta de emenda à Constituição). Criticá-lo, além de uma ofensa à quem trabalha, confessa desconhecer a Constituição”, escreveu o candidato, que está internado para se recuperar de uma facada.

A manifestação de Mourão soma-se a outras de ampla repercussão que proferiu nas últimas semanas. Ele afirmou que casas com apenas mães e avós são “fábricas de desajustados” e chamou países latino-americanos e africanos com os quais o Brasil teve relações comerciais de “mulambada”.

Depois desses episódios, o general foi repreendido por Bolsonaro e, por decisão da cúpula da campanha, ouviu que não deveria mais participar de eventos públicos com frequência.

Capas dos sites nesta tarde de quinta (27):

O Antagonista

Folha de SP

 O Globo

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here