Após abrir o jogo sobre o vício em cocaína, o apresentador Leo Dias, do SBT, levantou uma discussão e dúvidas sobre a substância com que ele vai se tratar: a ibogaína.

“É um tratamento revolucionário, que pode chocar muita gente. eu vou combater a droga com uma droga. Eu vou fazer uso da droga mais poderosa do planeta terra, que provoca 12 horas de alucinações ininterruptas, em que dizem que o passado vem a tona, você vê o Diabo, você fica de cara com a morte, você transgride, e que acaba com a tal fissura”, afirmou o jornalista do Fofocalizando.

A substância é extraída da raiz da iboga, uma planta africana. A importação e comercialização dela é proibida no Brasil pelo Ministério da Saúde. Ela só é possível para realização de pesquisa científica. Leo Dias se internará em uma clínica do interior de São Paulo, que oferece o serviço, importando a droga de países onde ela é legalizada, como Canadá, Nova Zelândia e México.

Leo Dias afirmou que se tornou usuário da cocaína a partir de 2001 e o acumulo de trabalho, além da busca por uma fuga, ampliou seu vício, interferindo profissionalmente e financeiramente em sua vida. O apresentador decidiu buscar o tratamento incentivado por uma atitude do patrão Silvio Santos. De acordo com Dias, o dono do SBT só não o demitiu da emissora porque sabia que ele estava doente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here